Teorema matemático criado e provado de propósito para episódio do Futurama

Acabo de saber pelo Neatorama.com que o produtor do Futurama, David X. Cohen, pediu a um membro do staff com doutoramento em matemática, de nome Ken Keeler, para criar e provar um teorema de propósito para o décimo episódio da próxima temporada da série...


A Featured Post Title

Forças de segurança ponderam não permitir manifestações durante cimeira da NATO


Segundo o DN, a polícia portuguesa quer comprar blindados de guerra para a cimeira da NATO, o que até é compreensível, uma vez que o evento requer um bom nível de segurança. Agora, se é mesmo necessário comprá-los, como eles querem, ou se podem ser usados os do exército, é outro assunto e não vou entrar por aí, até porque não tenho assim tanta informação quanto isso sobre o tema.

O que me está a causar aqui uma comichão é a vontade de ter uma "lei especial" para proibir manifestações. As autoridades portuguesas defendem esta proibição temporária das manifestações como uma necessidade, por forma a evitar demonstrações de desagrado que possam resultar em violência urbana.

Só porque vem cá o Obama e outros líderes mundiais, as pessoas perdem o direito de se manifestar livre e pacificamente? Mas o Salazar ainda está no poder ou quê?! Criem um perímetro de segurança sem exageros (nade de definir Lisboa inteira como zona de segurança) e deixem as pessoas manifestar-se fora dele e também com segurança (não são só os líderes mundiais que têm direito a ela)!

Outra intenção para a cimeira da NATO é "expulsar quem atente contra a ordem". Se for como em muitos outros países - civilizados ou não -, vai ser pretexto para ter polícias à paisana no meio dos manifestantes, com o único intuito de instigar a multidão à violência. Já foi feito por diversas vezes e até está documentado com recurso a imagens. Oxalá Portugal seja a boa excepção.

Um dos grandes motivos para tudo isto, dizem as forças de segurança portuguesas, é a PAGAN, um grupo anti-NATO. A associação já respondeu, numa nota à imprensa, repudiando as associações feitas entre o seu nome e actos de violência.

Termino este post com um claro incitamento à dança: Smack My Bitch Up. O original é dos Prodigy e a mistura cabe a Skazi.

Post a Comment